domingo, 6 de janeiro de 2013

Segundo Capitulo

Estamos agora num restaurante, o Zachary é hilário como imaginei tem um monte de historias para nos contar, meu Deus, ele passou por tantas coisas. Só de ouvir da medo. -pensamento Vanessa-
Taylor : passa-se alguma coisa Vanessa? Estas ai tão calada.
Vanessa : não, não, esta tudo bem. -disse a sorrir- estava a pensar como uma pessoa consegue passar por tantas coisas sem qualquer tipo de ferimento, é preciso ter sorte. -disse olhando para Zac-
Ashley : as historias que este anormal conta dão mesmo que pensar! -disse a rir- nos já estamos tão habituados que já nem ligamos.
Vanessa : eu acho um máximo, quem me dera ter coragem para fazer coisas dessas.
Ryan : não digas isso nem a brincar, ele ainda leva como um incentivo para continuar com esta vida louca.
Zac : eu já disse que vou parar, vou focar-me na minha editora, já não passo por la á três anos. Espero que a Hillary esteja a tomar conta daquilo!
Selena : achas que ela ia perder a oportunidade de tu lhe ficares grato para o resto da vida? -perguntou irónica- abre os olhos meu amor!
Scott : faz sentido, ela deve cuidar mais da editora do que da própria casa, ela é louca por ti!
Zac : essa paranóia já deve ter passado, já la vão três anos!
Brittany : hello!! estamos a falar da Hillary, ela é louca por ti Zac, ela já entrou em tua casa sem a tua permissão. -disse seria, daquilo Vanessa não sabia-
Vanessa : desculpem, mas de quem é que vocês estão a falar?
Ashley : uma mulher que é completamente louca pelo Zac, ela é obcecada, não te passa pela cabeça as coisas que ela já fez amiga. -disse assustando Vanessa-
Zac : não ligues, eles estão a exagerar. -disse tentando acalmar Vanessa- a Hillary não faz mal nem a uma mosca, fica descansada.
Taylor : quer dizer, a uma mosca talvez não, mas a uma mosca que pouse em cima de ti ... -disse a rir- não sei não!
Vanessa : hã? -perguntou sem entender-
Brittany : a Hillary não permite que nenhuma mulher se aproxime do Zac, chega ate a fazer escândalos, uma loucura.
Vanessa : nossa, ela é realmente louca. -disse com os olhos arregalados- ela ficou assim, digamos que, obcecada de uma momento para o outro?
Zac : nos namoramos durante dois anos, acabamos porque eu queria viajar e aventurar-me pelo mundo, mas não queria deixar ninguém preso a mim, achei melhor acabar.
Vanessa : faz sentido.
Ashley : não para a Hillary. Ela ainda pensa que é dona do Zac, coisa que nunca foi. Este daqui é do mundo! -disse abraçando Zac-
Selena : e nosso! -disse também abraçando Zac- do mundo e nosso!
Vanessa : bom, eu não vos queria apressar mas amanha tenho aulas, preciso prepara-las.
Ryan : falta pouco para o grande dia, né?
Vanessa : hum hum -disse nervosa- cada vez que penso nisso sinto o meu estômago embrulhar-se.
Brittany : desnecessariamente, não é dona Vanessa?! -perguntou irónica- és uma óptima professora, os teus alunos adoram-te e danças melhor do que ninguém!
Zac : és professora de dança? -perguntou admirado-
Vanessa : sou, porque tanta admiração? -perguntou sem entender-
Zac : não sei, não te pareces com uma.
Vanessa : pois. -disse sem graça- eu vou indo, não se preocupem que eu chamo um táxi, vocês ainda têm muitas saudades para matar.
Scott : não te importas?
Vanessa : não, eu é que tenho mesmo de ir, amanha vai ser um dia duro e eu preciso estar no auge da minha forma física, e pra isso tenho que dormir. -disse levantando-se- ate manha.
Todos - Zac : ate amanha.
Vanessa saiu do restaurante e os outros ainda ficaram a conversar sobre montes e montes de coisas.
Assim que chegou ao Loft Vanessa sentiu-se estranha, aquela casa já não era tão sua, e pensar que dentro de algumas horas iria chegar um homem que mal conhecia la e que iria dormir no mesmo sitio que ela dava-lhe um certo medo. Já fazia anos que não partilhava mais nada com um homem e de um momento para o outro iria partilhar a casa. Era assustador. Tratou de tirar todas aquelas ideias da cabeça e foi vestir uma roupa mais confortável, calças de moleton largas e uma camisola de frio branca e quentinha. Para acompanhar nada melhor que um chocolate quente acabadinho de fazer. Sentou-se no sofá, em volta de vários papeis e começou a preenche-los a todos, era apenas ela na academia então tinha de resolver todos os problemas sozinha, a começar pelas aulas e a acabar na papelada, a parte mais chata.
Passaram algumas horas, Vanessa nem deu conta de quando fechou os olhos a acabou por adormecer no sofá, com a televisão e luzes acesas.

Zac : vocês confiam mesmo nesta tal de Vanessa? -perguntou assim que ela saiu, não podia esquecer-se que aquela mulher estava a viver em sua casa e ele mal a conhecia, não sabia nada sobre ela parlem do nome-

Ryan : se não confiássemos não a tínhamos metido na tua casa.
Brittany : podes ficar descansado, ela não é de se meter na vida dos outros e muito menos de arranjar problemas para ninguém. 
Zac : foi o que me pareceu. -disse sincero, Vanessa não lhe parecia realmente uma mulher que causasse problemas. Parecia-lhe uma mulher seria, com princípios e acima de tudo educada-
Ashley : e pareceu-te muito bem, como viste aqui ela é calma, a mais calma de nos todos. -disse a rir- qualquer pessoa consegue conviver com ela, ela é fantástica.
Zac : se vocês o dizem!
Taylor : vais ver que vai ser ate bom tê-la a viver em tua casa! -Taylor soltou um sorriso manhoso e Zac ergueu uma das sobrancelhas- vais-me dizer que não reparas-te na Vanessa?!!!! Qualquer um repara meu amigo, sem falar que ela cozinha muito bem!
Corbin : isso é mesmo, ela tem mãos de fada na cozinha, fome te garanto que não passas!
Zac : é melhor vocês terem cuidado meninas, pelo que vejo a senhora Vanessa tem muitos fãs por estas bandas! -falou irónico-
Ashley : e tu ainda não viste nada, ela passa as passas do inferno para se ver livre de algumas melgas que teimam em não a largar.
Zac : é? -perguntou divertindo-se com a ideia de imaginar Vanessa dispensar alguém-
Brittany : muito, a Vanessa é linda, simpática e incapaz de tratar mal seja quem for, qualquer um se apaixona por ela!
Taylor : pena é ela ter-se apaixonado pelo pessoa errada. -falou fazendo todos, menos Zac, soltar um suspiro-
Zac : não entendi, ele tem alguém?
Selena : não, mas teve e esse foi o grande erro dela. Quem sabe um dia ela mesma te conta tudo.
Zac : é, quem sabe. -falou sem dar importância- eu gostava muito de continuar aqui a conversar com todos vocês mas eu preciso urgentemente de descansar.
Scott : eu e a Ashley levamos-te.
Selena : encontramos-nos amanha? -perguntou voltando-se para Zac-
Zac : eu amanha tenho de ir á editora, tenho de ver com as coisas andam por la. -disse- estava a pensar em ir la de manha, se vocês não se importassem jantávamos juntos, pode ser?
Ryan : fica combinado, depois diz á Vanessa. -pediu-
Zac : não se preocupem, podemos ir?
Ashley : vamos la então.

Ashley e Scott deixaram Zac na porta do prédio, o porteiro ainda era o mesmo então Zac ficou alguns minutos a falar com o senhor. Entrou no elevador e pegou nas chaves que tinha dentro da mochila que o acompanhou durante três anos. Três longos e loucos anos, aquela tinha sido a sua ultima viajem. Tinha trinta anos agora, já estava na altura de assentar e levar uma vida normal e com os menores riscos possíveis  O seu foco agora era a sua editora, fazê-la crescer ainda mais. Quando o elevador chegou Zac sentiu um pouco de receio em abrir a porta, Vanessa já la estava e Zac nao fazia ideia de como ia encontrar a sua casa. Vanessa vivei la durante três anos sozinha, podia ter mudado algumas coisas, tudo ate.

Zac abriu a porta e viu que as luzes estavam acesas e a televisão ligada, olhou para o andar de cima mas nao viu la Vanessa. Ela teria saído? Quando ia para desligar a televisão viu Vanessa deitada no chão, adormecida, perto do sofá e cheia de papeis á sua volta. Nao a podia deixar assim. Desligou a televisão e juntou todos os papeis deixando-os em cima da mesa, pegou em Vanessa tentando nao fazer movimentos bruscos para nao a acordar e levou-a para o segundo andar. Deitou-a na cama e cobriu-a com o cobertor que estava em cima da cadeira que tinha perto da cama. Desligou as luzes daquele andar e voltou a descer. Diferente daquilo que imaginava a sua casa continuava a mesma, sem tirar nem pôr. Vanessa nao tinha mudado nada, e Zac agradecia-lhe por isso, gostava da sua casa tal e qual como ela era. Simples e confortável.

3 comentários:

Edyh_2012 disse...

Ameiiii o cap...
Ainda bem que vc voltou...
Posta logo flor
Kiss

• Paula disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Amei amei amei!
Tava louca de curiosidade já!
Não demora a postar!
Posta logo
Bjos amorê

stephanie_95_7 disse...

Adorei o capitulo :)
Fico feliz que tenhas voltado
Bjs